Menu
Taurina

C2H7NO3S

A taurina, ou ácido 2-aminoetanosulfônico é um ácido orgânico, contendo enxofre, encontrado na bílis. É um dos aminoácidos não-essenciais mais abundantes do nosso organismo, especialmente no sistema nervoso central, nos músculos esqueléticos, no coração e no cérebro (bem como nos intestinos e ossos esqueléticos). É sintetizado, no fígado e no cérebro, a partir da metionina e cisteína, juntamente com a vitamina B6. É o único ácido sulfônico conhecido a ser produzido por meios naturais. Age ainda como transmissor metabólico e fortalece as contrações cardíacas.


Taurina

É usada em bebidas energéticas devido ao seu efeito desintoxicador, facilitando a excreção de substâncias que não são mais importantes para o corpo pelo fígado. Intensifica os efeitos da insulina, sendo responsável por um melhor funcionamento do metabolismo de glicose e aminoácidos, podendo auxiliar o anabolismo.

Essas bebidas energéticaa ou energéticos estimulam o metabolismo. Tem como finalidade fornecer ao consumidor muita energia através da combinação de várias substâncias como: metilxantinas, vitaminas B,cafeína, guaraná (que é extraído da planta guaraná), taurina, várias formas de ginseng, maltodextrina, inositol, carnitina, creatina, glucoronolactona e gingko biloba. As doses desses 'aditivos' são geralmente tão pequenas que qualquer efeito de explosão é puramente psicológico. Essas bebidas têm como alvo as pessoas jovens, estudantes, entre outros.


Taurina

Não tem como efeito o vício, pois a quantidade é equivalente a meio litro de refrigerante a base de cola. Não devem ser utilizados juntamente com álcool, pois sendo energéticas se opõem ao efeito do álcool que é um depressor do sistema nervoso.

'Indivíduos com problemas renais ou hepáticos devem consultar um médico antes do seu consumo!'

Fonte:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Taurina

http://pt.wikipedia.org/wiki/Bebida_energ%C3%A9tica

http://felipecolecionismo.blogspot.com/2007/11/energticos.html