Menu
Glicose

C6H12O6

A glicose é um carboidrato do tipo monossacarídeo. É um cristal sólido de sabor adocicado, encontrado na natureza na forma livre ou combinada. Juntamente com a frutose e a galactose, é o carboidrato fundamental de carboidratos maiores, como sacarose e maltose. Amido e celulose são polímeros de glicose


Glicose

É encontrada em frutos maduros, no néctar das flores, nas seivas e no sengue. Industrialmente é obtida a partir do amido. Também é conhecida como dextrose. É o combustível primário das células vivas, e os açúcares e amidos mais complexos são quebrados em unidades de glicose quando digeridos. Uma vez que moléculas de glicose estejam em solução, sua energia está imediatamente disponível para atender a qualquer processo metabólico.

No metabolismo, a glicose é uma das principais fontes de energia e fornece 4 calorias de energia por grama. A glicose hidratada (como no soro glicosado) fornece 3,4 calorias por grama. Sua degradação química durante o processo de respiração celular dá origem a energia química (armazenada em moléculas de ATP - entre 36 e 38 moléculas de ATP por moléculas de glicose), gás carbônico e água.

Esses numerosos atómos de oxigênio fazem com que a glicose seja solúvel em água (através da formação das pontes de hidrogênio). A formação do “xarope” se deve a isso, quando a solução for concentrada.

Esse “xarope” de glicose é usado na manufatura de balas. Uma bala é uma solução colorida e aromatizada transformada em um sólido vítreo por moléculas de glicose (sacarose e frutose também), que atraem fortemente as moléculas de água e não permitem que a pouca água remanescente pingue e escoe.

Fonte: