Menu

Digitoxina - C41H64O13

 


Essa molécula é um fármaco utilizado pela medicina como cardiotônico e antiarrítmico.

É um glicosídeo cardiotônico derivado dos vegetais Digitalis purpurea e da Digitalis lanata (conhecidas como dedaleira). É uma das famosas moléculas usadas na bruxaria.



Figura 1. Digitalis purpurea (dedaleira).

As dedaleiras têm sido usadas no tratamento de problemas cardíacos desde sua descoberta, creditada ao médico William Withering. Em 1775, um de seus pacientes chegou com um problema muito grave de coração, e já que Withering não tinha nenhum tratamento efetivo para aplicar, pensou que ele morreria. O paciente foi até uma cigana/bruxa, tomou uma preparação contendo diversas ervas, e rapidamente se recuperou. Quando Withering ficou sabendo do fato, ficou muito empolgado e procurou pela cigana. Depois de muita conversa, conseguiu que a cigana contasse o segredo de sua formulação. Após muitos esforços, Withering conseguiu chegar ao ingrediente ativo da formulação, que era a dedaleira - Digitalis purpurea.


Figura 2. Poções de bruxaria.

A dedaleira pode ser usada para fins medicinais, por conter digitalina, um importante medicamento cardíaco, prescrito em alguns casos de arritmia ou insuficiência cardíaca. Entretanto, sua utilização medicinal deve ser muito criteriosa, pois, em doses altas ou se administrada à pessoas que não necessitam de seus efeitos, acaba gerando efeitos tóxicos ao organismo. A dedalina pode matar uma pessoa sem deixar rastros da causa morte, pois seu uso em doses altas é capaz de gerar um ataque cardíaco, quando usado exageradamente.

Confira mais informações no vídeo: Moléculas da Bruxaria

Fontes
Imagem molécula
https://pt.wikipedia.org/wiki/Digitoxina, acessado em 06/06/2016.
Figura 1
https://www.pinterest.com/pin/225743000050275866/, acessado em 06/06/2016.
Figura 2 e Vídeo: Moléculas da Bruxaria
http://falaquimica.com/?p=1592, acessado em 06/06/2016.
Conteúdo
http://qnint.sbq.org.br/qni/popup_visualizarMolecula.php?id=Ni89OPVCNKm6uMgSbbD-_6LVhqD0uzVdr0mVRNwJhz4HquMlMp0UL9dTUaMXBhVk9jYGd0Egjxk5uvPRyFF7LA, acessado em 06/06/2016.