Menu

Cinarina - C25H24O12


 

Essa molécula é um dos princípios ativos presente na Alcachofra (Cynara scolymus). Quando ingerida, atua nas células do fígado incrementando a produção da bile e facilitando a secreção pela vesícula biliar. A bile secretada após a ingestão de alcachofra é mais fluida, o que descongestiona o fígado.

O extrato de alcachofra é utilizado para tratar problemas de dispepsia (gastrite, meteorismo e flatulência, gastropatia nervosa, cólon irritável, doença do trato biliar funcional), especialmente aquelas causadas por problemas funcionais relacionados com o sistema biliar descendente.



Figura 1. Alcachofra.


Essa planta tem sido citada desde o século 4 a.C. como alimento e medicamento. Foi apreciada pelos antigos romanos como um vegetal suculento com efeitos benéficos para a digestão, trazida para o Brasil pelos imigrantes europeus. Possui um importante papel da dieta mediterrânea, sendo utilizada na forma alimentar, medicinal e na indústria de bebidas.

O nome "alcachofra" provém do árabe al-kharshûf (que significa "planta espinhuda"). O nome cynara vem do grego, onde, segundo uma lenda antiga, Cynara seria uma jovem que após rejeitar Zeus, foi por ele transformada nessa planta.

 

 

Fontes:
Imagem Molécula
https://es.wikipedia.org/wiki/Cinarina acessado em 10/01/2017.
Figura 1
http://www.congeladosdasonia.com.br/blog/descubra-dez-alimentos-desintoxicantes/ acessado em 10/01/2017.
Texto
Brasil 2008 – IN5 – 11/12/2008 – D.O.U 12/12/2008 - Lista De Medicamentos Fitoterápicos de Registro Simplificado, Agência Nacional de Vigilância Sanitária ANVISA, 2008.  Acessado em 10/01/2017.
http://www.martin-bauer-group.com/fileadmin/user_upload/tnn_martin-bauer-group/mbg_finzelberg/downloads/pdf/FBA_Artischocke_br.pdf acessado em 10/01/2017.