Menu
Escopolamina - C17H21NO4

 

Essa molécula apresenta como função principal a amina, sendo muito utilizada como antiespasmódico, principalmente em casos de úlcera do estômago, úlcera duodenal e cólica.
Por volta de 1915, um obstetra dos EUA, Robert House, notou que mulheres em trabalho de parto anestesiadas com escopolamina falavam sinceramente sobre vários assuntos. Então, em 1922, ele testou a droga em dois suspeitos de um crime. Eles negaram as acusações e foram inocentados. Assim surgiu o soro da verdade.


Original, em inglês: Truth serum, é o termo utilizado para referir-se a uma droga ou conjunto de drogas que, ministrada a um suspeito ou paciente que tem algo de relevante a esconder, o levaria a revelar a informação que esconde, mediante a supressão e mesmo eliminação da sua força de vontade em não fazê-lo. Várias drogas são utilizadas com esse intuito, figurando entre as mais comuns e conhecidas a escopolamina e o tiopental.

Figura 1. Truth serum – O soro as verdade.

 

A expressão "soro da verdade" não é uma muito adequada, pois de fato não há, pelo menos até hoje, uma droga ou coquetel que relaxe e suprima o livre arbítrio da pessoa a ponto dessa revelar a verdade - e nada mais que a verdade - quando seus efeitos. A CIA, a agência de inteligência norte-americana, manteve entre seus projetos um de codinome MKULTRA, que durante 25 anos investigou o comportamento humano quando sujeito às mais variadas situações, inclusive no tocante ao soro da verdade. A conclusão a que chegou foi a de que "Tudo que esses soros fazem é soltar a língua da pessoa, mas não há a menor garantia do que aquilo [que dizem] seja verdade”.

Fonte:

Imagem Molécula

http://pt.wikipedia.org/wiki/Escopolamina acessado em: 27/04/2015

Figura 1

http://www.abc.net.au/radionational/programs/allinthemind/truth-serum/4003206 acessado em: 27/04/2015

Kruszelnicki, Karl - Grandes Mitos da Ciência - "O soro da verdade" (pág. 106) - Editora Fundamentos Educacional Ltda - São Paulo, SP - 2013 - ISBN: 978-85-395-0164-9