Menu
Tetracarbonilo de Níquel


Ni(CO)4


Cloreto de Cobalto

É um complexo organometálico incolor que representa um versátil reagente. É extremamente venenoso. Foi descoberto por Ludwig Mond (1888) quando este investigava fugas em válvulas feitas de níquel, por onde passava monóxido de carbono e tem ainda a particularidade de ter sido o primeiro carbonilo metálico a ser sintetizado. Sua toxicidade e volatilidade a temperatura ambiente lhe fez ganhar o apelido de "morte líquida".

Foi primeiramente sintetizado pela reação direta do metal níquel com CO. Essa reação é utilizada para obtenção do níquel puro.

Este metal é bastante resistente à corrosão, e é por isso habitualmente aplicado na fabricação de ligas metálicas, revestimentos metálicos (niquelagem), moedas e vários outros utensílios domésticos. É igualmente usado como material de elétrodo em alguns tipos de baterias eletroquímicas e como catalisador para o processo de hidrogenação e de outras técnicas industriais.

Apesar de essencial, o níquel, em quantidades superiores, pode causar diversos problemas à saúde humana, sendo mesmo, em certas circunstâncias, um veneno forte. O níquel pode, em contato com a pele, causar dermatites. Existe uma quantidade significativa de pessoas cuja sensibilidade ao contato com níquel metálico as impede, por exemplo, de utilizar talheres de aço inoxidável.

Fonte:

1.Imagem Molécula
http://pt.wikipedia.org/wiki/N%C3%ADquel_tetracarbonilo
acessado em 23/02/2014

2.Imagem Molécula 3D
http://www.wikienergia.pt/~edp/index.php?title=N%C3%ADquel
acessado em 23/02/2014

3.Reação e Imagem Galinho do tempo
http://www.quimlab.com.br/guiadoselementos/niquel.htm
acessado em 23/02/2014